Em encontro com vereadores e vereadoras, PT de São Paulo fortalece diálogo com os parlamentos

Na capital paulista, vereadores e vereadoras do Partido dos Trabalhadores no estado de São Paulo reuniram nesta sexta-feira (17), na Câmara Municipal, em Conferência. A proposta do evento era debater as rotinas legislativas, tanto na oposição quanto na situação da política municipal e nacional, além de oferecer uma oportunidade de debater temas de âmbito estadual e federal, como educação, desenvolvimento social, previdência e trabalho.

A atividade foi organizada pela Secretaria de Assuntos Institucionais do Diretório Estadual do PT-SP junto com a Bancada de Vereadores na Câmara Municipal de São Paulo, e contou com as presenças do presidente Nacional do PT, Rui Falcão, do presidente Estadual do PT-SP,  Emidio de Souza, do deputado estadual, Alencar Santana, do deputado federal, Nilton Tatto, do líder da bancada do PT na Câmara Municipal de SP, o vereador Antônio Donato, do ex-prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho e da vereadora de São José dos Campos, Amélia Naomi.  Além das presenças, do Ministro da previdência Social do governo legítimo da presidenta Dilma Rousseff, Carlos Garbas e do ex-senador, e agora vereador da capital paulista, Eduardo Suplicy.


O presidente Estadual do PT-SP, Emidio Souza, que já foi vereador e prefeito em Osasco, falou da importância do trabalho nas câmaras municipais e ressaltou a postura do PT de ser a maior e mais consistente oposição ao Governo Alckmin.

Emidio ressaltou sua total confiança nos parlamentares petistas nos legislativos municipais e na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.  Para ele, o PT tem todas as condições de avançar em busca de um projeto mais ousado no estado. “O PT tem todas as condições de avançar em busca de um projeto mais ousado no estado –  Emidio de Souza”

Rui Falcão abordou, em sua fala, a luta do povo brasileiro contra os retrocessos, em especial contra as reformas trabalhistas e da previdência. Disse que o governo quer onerar a vida do povo e faz vistas grossas ao rentíssimo financeiro e às grandes fortunas.

Falcão falou também sobre os ataques à soberania nacional, protagonizados pelo governo do golpe, entregando as reservas de petróleo e minerais ao capital estrangeiro e desmantelando a indústria naval de base nacional. “”Lula vai voltar. Ele tem viajado o país não com gritos, mas com argumentos.”, afirmou o presidente Nacional do PT”


No dia em que a Operação Lava Jato completa três anos, o presidente Nacional da legenda voltou a reafirmar o compromisso do partido com o combate à corrupção e relembrou ter sido nos governos do PT que órgãos como a Procuradoria Geral da República e o Ministério Público foram fortalecidos e ganharam autonomia, assim como a Polícia Federal, e afirmou que hoje a operação é usada para perseguir dirigentes petistas.

Quanto ao futuro, segundo ele, o PT deve se preparar para os confrontos de 2018 e pediu aos vereadores um trabalho árduo nos municípios.”Lula vai voltar. Ele tem viajado o país não com gritos, mas com argumentos.”, afirmou.

Presente ao evento, o deputado estadual, Alencar Santana, saudou parlamentares vindos de diversas regiões do estado e falou dos desafios de ser vereador petista na conjuntura das cidades e da política brasileira.

O Deputado aproveitou o momento de debate para fazer um balanço dos trabalhos na Assembleia Legislativa, citando as ações da bancada para segurar na justiça os aumentos abusivos nas tarifas do Metrô, da CPTM e da EMTU.

Ainda, falou sobre o avanço dos trabalhos de oposição ao Governo do Estado e a coleta de assinaturas para implantar a CPI do Metrô, que irá investigar supostos pagamentos ilegais de Alckmin a empresas que não prestaram serviços à população.

O encontro debateu durante todo dia, a conjuntura política e a respeito das reformas da previdência e trabalhista.

Fonte: Linha Direta

SHARE