Mulheres lançam um manifesto de apoio à vereadora de São Paulo Juliana Cardoso

Um grupo de mais de 60 mulheres divulgou nesta quarta-feira, 15, um manifesto de apoio à vereadora de São Paulo Juliana Cardoso (PT), que acusa assessores do vereador Fernando Holiday (DEM) de agressões físicas e verbais.

“A violência que atingiu Juliana, militante do Partido dos Trabalhadores que desde muito jovem dedica sua vida à luta, atinge todas nós, mulheres, que ao longo da história fomos alijadas da esfera pública, e hoje seguimos sofrendo com o machismo que fere nossos corpos, desrespeita nossas identidades, tenta nos impedir de tomar parte da sociedade em condições de igualdade”, diz trecho da nota.

Entre as signatárias do manifesto estão as deputadas Maria do Rosário (PT-RS) e Jo Moraes (PCdoB-MG), a ex-ministra Eleonora Meniccuci, a filósofa Marcia Tiburi.

Leia o documento na íntegra (manifesto nas redes):

“SOMOS TODAS JULIANA: MEXEU COM UMA MEXEU COM TODAS

A liberdade reunião e organização é um princípio da Constituição Federal do Brasil. No entanto, o fascismo avança a passos largos, e deu mais uma de suas demonstrações na última sexta-feira (10), quando reunião promovida pela Vereadora Juliana Cardoso -PT/SP, realizada na Câmara Municipal de São Paulo, foi invadida por assessores do vereador Fernando Holiday (DEM), integrante do MBL.

O desrespeito contra Juliana Cardoso, como mulher e parlamentar atinge a todas as mulheres brasileiras! Não podemos nos calar!

Juliana Cardoso denunciou em Plenário as agressões verbais e físicas que sofreu. Nós estamos ao seu lado contra esta agressão.

A violência que atingiu Juliana, militante do Partido dos Trabalhadores que desde muito jovem dedica sua vida à luta, atinge todas nós, mulheres, que ao longo da história fomos alijadas da esfera pública, e hoje seguimos sofrendo com o machismo que fere nossos corpos, desrespeita nossas identidades, tenta nos impedir de tomar parte da sociedade em condições de igualdade.

Como mulheres, manifestamos nossa solidariedade à Juliana e exigimos a imediata apuração dos fatos e responsabilização dos agressores.

Somos todas Juliana!

Assinam a nota:

Eleonora Menicucci, Ex Ministra da SPM Governo Dilma.
Maria do Rosário, deputada federal, Ex-ministra da SDH do Governo Dilma.
Bia Abramo, jornalista
Elen Juracy Braga, Assistente Social, analista de políticas públicas, Belo Horizonte, MG.
Aline Moreira Gonçalves, psicóloga e professora Universitária
Mônica Lima, professora de História
Juliana do Couto Bemfica, professora de Economia
Elizabete Franco Cruz, psicóloga e professora universitária
Carol Vergolino,produtora de cinema e TV
Lúcia Irene Reali Lemos, designer gráfico e microempreendedora, Porto Alegre, RS.
Ana Cláudia S. Junqueira Burd, psicóloga judicial e professora universitária
Caroline Almeida, membra da Rede Feminista de Juristas
Linda Goulart, jornalista.
Silvane Alves Wagner, professora.
Paula Carvalho Lauer, psicóloga, trabalhadora da saúde pública.
Jô Moraes, servidora pública e deputada federal
Cibelle Santos de Oliveira, advogada
Jandira Feghali, médica e deputada federal
Laís Bastos da Silva, professora
Jô Hallack, escritora
Antônia Passos de Araújo, Fórum Popular de Mulheres do Paraná.
Gleisi Hoffmann, senadora, PT/PR
Fátima Bezerra, senadora, PT/RN
Margarida Salomão, deputada federal, PT/MG
Emília Fernandes, presidenta Fórum Mulheres do Mercosul, ex-ministra SPM, Governo Lula
Danusa Carvalho, produtora de eventos e shows.
Juliana Chagas Da Silva Mittelbach, enfermeira, Conselheira Estadual de Direitos da Mulher do Paraná
Margot Jung, presidenta da Associação Maringaense LGBT
Elza Maria Campos, coordenadora do Grupo de Pesquisa, Trabalho, Gênero e Violência Doméstica e Familiar da UniBrasil
Marisa Moutinho, microempresária, #partidA Curitiba.
Juliana Moura Bueno, Cientista Política
Carina Trindade, Marcha Mundial de Mulheres RS
Virgínia Berriel, CUT/RJ
Denise Motta Dau, assistente social, Secretária Municipal de Políticas para as Mulheres de São Paulo
Verônica Chaves Salustiano, advogada, TO
Zuleide Maccari
Junéia Batista, Secretária Nacional de Mulheres da CUT
Livia Ulian Bióloga PartidA, SP
Dina Alves, Atriz, Advogada e Cientista Social
Sonia Naranjo, psicanalista, SP
Lilian Avivia, arquiteta, SP
Emilleny Lázaro, advogada, TO
Flavia Gianini, jornalista, SP
Leticia Sá, arquiteta, professora IFPR, PR
Marcia Tiburi, filósofa e escritora, SP
Ana Liesi Thurler, pesquisadora UNB, DF
Eliane Dias, advogada, coordenadora SOS Racismo, Alesp, produtora cultural, SP
Maria Cecília Ferreira – Advogada
Cristina Terribas – pedagoga/ #partidA sp
Maria Martins – Professora IFPI, Piauí.
Danielle Braga- Psicóloga
Celina Simões -Historiadora, Professora e Gerente do CDCM Mulheres Vivas
Maria Eugênia Léo Castilho – jornalista
Pagu Leal- atriz e dramaturga
Natália Menhem – cientista social
Rita Velloso – arquiteta e urbanista, professora UFMG.
Tuga Martins – jornalista
Tata Amaral – Cineasta
Helena Tassara – Cineasta e Pesquisadora
Gabriele Barbosa – analista de importação /#partidA SP
Léa Marques – socióloga, SP”

#Resistiremos
#SomostodasJuliana

fonte: Brasil247

SHARE