Arselino Tatto

Eleito pela primeira vez em 1988, Arselino Tatto tem uma trajetória invejável. Começa a desenhar sua história ao participar da elaboração da lei orgânica do município e em 1992 é reeleito.

De 1990 a 1994 atua como líder da bancada do PT, um mandato que contribuiu intensamente para o fortalecimento do partido na Câmara.

Em 1996, reeleito pela 3ª vez é o vereador mais votado do PT, algo que viria a se repetir no ano de 2000, quando com mais de 45.000 mil votos torna-se o vereador mais votado do PT e o 4º mais votado na cidade.

Em 2003 um novo desafio surgiu quando se tornou Presidente da Câmara Municipal. Com muita coragem e determinação realizou a Reforma Administrativa, uma proposta engavetada há anos. Cortou gastos, extinguiu verbas indevidas que beneficiavam servidores, reduziu departamentos, criou medidas que geraram uma economia de aproximadamente R$ 28 milhões ao ano, tudo isso sobre forte pressão de funcionários que eram contra a reforma.

Informatizou e modernizou a estrutura burocrática que existia na Câmara, reformou áreas abandonadas ao redor do edifício oferecendo aos moradores da região central uma alternativa de lazer e diversão.

Todo esse trabalho intenso, renovador e revolucionário o levou a um segundo mandato da Presidência da Câmara, em 2004, ano em que também foi reeleito vereador pela 5ª vez, com 73.308 mil votos.

Em 2008, é eleito novamente dando início ao 6º mandato, no qual tem se destacado como um dos vereadores mais experientes do Legislativo Paulistano. Foi mais uma vez líder da bancada do PT, e referência no legislativo municipal.

Hoje, no sexto mandato parlamentar Arselino Tatto apresentou 431 projetos de lei, tendo aprovado 102 leis. Atuou em diversas comissões, sendo presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Legislação Participativa – uma das mais importantes da Câmara – por três vezes: em 2001, 2011 e 2012.